Alimentação Pré Treino

Entenda como a alimentação pré treino pode dar maior disposição para treinar e inclusive melhorar a hipertrofia muscular

Muitos negligenciam a alimentação pré treino pelo simples fato de achar que ela não é necessária. Pois esses se enganam: ela é tão necessária quanto a alimentação pós treino. Não deve-se comer demais, nem “de menos” antes do treino, mas sim a quantidade ideal e com os alimentos ideais, que irão te ajudar a ter um melhor desempenho físico.

Segundo especialistas, grande parte do treino é baseado na alimentação pré treino e na pós. Uma alimentação feita de modo inadequado anteriormente pode fazer com que a pessoa passe mal causando queda de pressão, baixa do índice de glicemia e até mesmo vomito!

Para o pós treino a alimentação é feita para a reposição de nutrientes, como na alimentação pré treino pensa-se no rendimento, outro tipo de alimentação se faz necessária. São preferíveis comidas ricas em carboidratos e proteínas, visto que os primeiros evitam a perda de massa magra, ou catabolismo muscular.

 Quanto tempo antes devo fazer a alimentação pré treino?

É importante manter aquela velha recomendação para qualquer dieta: coma de 3 em 3 horas. Isso porque o nosso corpo consegue se adaptar a esse ritmo. Quando se passa um período de tempo muito grande sem comer, o organismo entende que é necessário economizar energia e sendo assim os nutrientes não serão absorvidos.


Nesse último caso o metabolismo é desacelerado, comendo de 3 em 3 horas, ocorre o contrário e a queima de calorias é maior. Além disso, para a alimentação pré treino em específico, o ideal é comer uma hora antes do exercício. O tempo de 45 minutos antes também é válido, mas o limite é de meia hora.

Isso se dá porque o corpo não consegue fazer a digestão alimentar e o exercício físico ao mesmo tempo de forma eficaz. Também, com menos de meia hora de digestão, muitos nutrientes ainda não foram absorvidos.

É importante se manter hidratado e não comer durante os exercícios, salvo o caso daqueles que durem mais de duas horas. Esses precisam da reposição de carboidratos e proteínas. Por fim, ao contrário da pré, a alimentação pós treino pode ser feito logo depois do exercício.

Alimentação Pré Treino

Além do pré treino, quem precisa de muita força durante o exercício, costuma fazer o uso de suplementos de rápida absorção, como é o caso da maltodextrina e da dextrose, que auxilia a manter a energia e melhorar o rendimento durante o treino. Se você está em dúvida entre a maltodextrina ou dextrose, basta clicar no link para ler e entender mais a fundo qual é o melhor para você.

O que ingerir na alimentação pré treino

Alguns alimentos são grandes aliados na alimentação pré treino. Os principais são os termogênicos naturais, proteínas e carboidratos. Falaremos um pouco sobre cada um deles aqui, mas é importante ressaltar que nunca se deve exagerar em nenhum deles. Qualquer dieta, até a mais saudável, pode ser prejudicial se não for feita com moderação e precaução.

Carboidratos

O mais importante sobre esse nutriente é se certificar que a ingestão é de carboidratos com baixo índice glicêmico. Isso se deve ao fato de que – diferentemente dos de alto índice glicêmico, como dextrose, malto etc – eles dão energia constantemente ao corpo, fazendo um fluxo contínuo.

Os carboidratos de alto índice glicêmico devem ser evitados na alimentação pré treino porque fazem com que o corpo libere muita insulina para estabilizar o nível de açúcar sanguíneo. O resultado disso é um rápido aumento de energia seguido por uma brusca queda. Por fim, você ficará fraco e cansado muito mais rapidamente, causando um treino ruim.

Maçã, aveia, iogurte desnatado, batata doce e pão de trigo são boas pedidas para conseguir um bom desempenho com esse nutriente.

Proteínas

A boa ingestão desse nutriente é essencial. Ter os níveis de proteínas altos antes do treino reduz a degradação muscular porque mantém o organismo em estado anabólico. Uma boa quantidade de alimentação pré treino é a de 30 a 40 gramas de proteína. Muitos acabam usando os suplementos Whey Protein ou Caseína para conseguir essa quantidade.

Mas se você está pensando em suplementar proteína no seu pré treino, pode ser que o mais indicado seja a Albumina e a Proteína Isolada de Soja, pois além de serem mais baratas, elas são um pouco mais devagar para serem absorvidas, diferentemente do Whey Protein e da Caseína, que tem sua absorção bem rápida, e que são mais indicados para tomar logo após o treino, em que o corpo entra em um estado catabolizo.

Outra excelente alternativa, e que também é boa, é ingerir alimentos ricos em proteínas, como é o caso de diversos tipo de carnes (bovina, peixes, frango), ou até mesmo outros alimentos derivados dos animais, como o caso do leite, ovo etc. Não é de se admirar quando se ouve uma pessoa dizer que come 7 ovos por dia!

Termogênicos Naturais

Cafeína, canela, gengibre e chá verde são apenas alguns deles. São alimentos com diversas vantagens. São ajudantes na queima de calorias, aceleram o metabolismo e são absorvidos facilmente pelo organismo.

Dieta para alimentação pré treino

Alguns alimentos são muitos comuns para comer antes do treino. Muitas pessoas têm a sua dieta seguida à risca todo dia e algumas delas contêm alguns clichês como:

  • 30 a 40 gramas de Whey em 300 ml de leite desnatado e Iogurte desnatado com aveia;
  • Um ovo mexido com duas fatias de pão integral;
  • Salada de frutas com uma fatia de queijo branco e duas colheres de sopa de mel com granola.

Porém, como sempre, é importante consultar um nutricionista pois é ele que saberá quais alimentos são ideais para o seu corpo de acordo com os seus objetivos. Deixamos aqui algumas sugestões de alimentação pré treino, mas não deixe de consultar um especialista!


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (4 votes, average: 1,75 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *