Castanha da índia emagrece?

A semente da castanha da índia vem ganhando adeptos ao redor do Brasil, mas será que emagrece mesmo?

Entre dietas e reeducação alimentar, aqueles que lutam com a balança já sabem que as famílias das castanhas e nozes são as queridinhas por suas propriedades nutritivas e emagrecedoras. Se você é do tipo de pessoa que prefere fazer seu próprio remédio natural para emagrecer essa castanha pode ser sua melhor solução. Neste artigo, vamos descobrir se a castanha da índia emagrece e, se sim, como isso acontece.

Castanha da índia: o que é e porque é tão nutritiva

A castanha da índia é o fruto do castanheiro da índia, uma árvore resistente que pode chegar aos 25 metros de altura. Na medicina popular, aquela que as nossas avós praticam, a castanha da índia é conhecida por conter ação anti-inflamatória e por ser eficaz no tratamento de varizes, pois atua no sistema circulatório. Mas será que isso procede?

Assim como os outros tipos de castanhas, as castanhas da índia possuem carboidratos, fibras alimentares, proteínas e gorduras boas. Essas, representam cerca de 64% da composição da castanha da índia. É também repleta de vitaminas.

As fibras, cerca de 19% da composição da castanha da índia, atuam diretamente no sistema digestório, fazendo com que ocorra maior absorção de nutrientes e auxiliando a formação do bolo fecal.

Os carboidratos complexos, proteínas e gorduras nutrem, dão energia e aceleram o metabolismo, contribuindo com a queima de gordura localizada, principalmente à abdominal. Além disso, as gorduras ajudam a diminuir o colesterol ruim (LDL) e aumentar os níveis do colesterol bom na circulação (HDL).

A castanha da índia emagrece mesmo

Com essas informações, se pode afirmar que a castanha da índia emagrece. Entretanto, ela, como todas as outras castanhas e nozes, é considerada um alimento com valor calórico alto e, portanto, seu consumo deve ser moderado. De outra maneira, pode levar ao ganho de peso e prejudicar sua dieta.

Como a castanha da índia emagrece?

Como mencionado acima, uma das razões que a castanha da índia emagrece é sua quantidade alta de fibras alimentares. As fibras prolongam a sensação de saciedade, evitam picos hiperglicêmicos (níveis altíssimos de glicose) na corrente sanguínea que sinalizam ao cérebro que há necessidade de estocar gordura.

Além disso, a castanha da índia emagrece porque é laxante e diurética, diminuindo a retenção de líquidos, principalmente no período pré-menstrual. A ação diurética também atua na sensação de “pernas pesadas” porque elimina eventuais edemas (inchaços).

E, detalhe, nossas avós não estavam erradas: a castanha da índia age no sistema circulatório, auxiliando na manutenção do tônus das veias e artérias do nosso corpo. Se os vasos sanguíneos estão em condições adequadas, as trocas metabólicas ocorrem com mais facilidade.

Se as células conseguem transitar livremente pelos vasos sanguíneos, a incidência de varizes é mínima. Além disso, esse trânsito livre permite maior velocidade no metabolismo da glicose, contribuindo para a ação anti-inflamatória e no emagrecimento.

A ação anti-inflamatória também atua na prevenção e diminuição da celulite. Isso quer dizer que a castanha da índia emagrece e ainda deixa a pele lisinha, sem celulites.

Como consumir a castanha da Índia

Castanha da índia emagrece

A melhor forma de aproveitar todos os benefícios de um alimento é consumi-lo na forma mais natural possível. Isso não é diferente com a castanha da índia. Apesar da facilidade de poder ser encontrada em cápsulas, prefira consumi-la em sua forma natural.

Quanto à quantidade, se você estiver seguindo uma dieta de reeducação alimentar e tiver o acompanhamento de um nutricionista, consulte-o para que ele possa indicar a quantidade ideal para o seu caso.

No geral, as indicações de consumo da castanha da índia que estão disponíveis são as seguintes: na primeira semana de consumo, divida uma castanha da índia em 8 parte e consuma uma parte pela manhã, de preferência no café ou no lanche da manhã.

A partir da segunda semana, a castanha poderá ser dividida em 4 partes e ser consumida da mesma maneira: apenas uma parte pela manhã.

Atenção: o consumo diário da castanha da índia é pequeno porque ela pode apresentar alguns efeitos colaterais, como: enxaquecas, vômitos, dor de estômagos, problemas renais, etc. O uso é contraindicado para menores de 15 anos e maiores de 65 anos.

Considerações finais

Para se assegurar que a castanha da índia emagrece com segurança, é importante que você tenha o acompanhamento de um médico ou nutricionista que possa acompanhar sua evolução conforme inicia o consumo. Dessa maneira, você pode emagrecer e nutrir seu organismo com segurança.

 

 

Gostou desse artigo? Dê seu voto!

(2 votos, média: 4,00 de 5)

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente!

Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *