Chia Emagrece

Entenda por que as sementes de chia ajuda realmente emagrecer, e quais outros benefícios a saúde elas proporcionam

Chia, a queridinha da vez, ganhou popularidade quando seus diversos benefícios começaram a ser relatados pelas musas fitness da internet. É possível afirmar que a chia emagrece? Conheça abaixo um pouco mais sobre essa semente que tem a fama de ser milagrosa!

Chia: o que é e seus valores nutricionais

A chia, ou sálvia hispânica, é uma planta nativa da Guatemala e de algumas regiões do México. Suas sementes têm formato oval e podem ter até 2mm de tamanho. Elas são vendidas inteiras, moídas ou em forma de óleo.

A semente de chia é considerada um alimento funcional devido à sua capacidade de absorver e reter uma grande quantidade de água, que a transforma em gel. Esse gel, rico em fibras, garante uma maior sensação de saciedade. A informação que a chia emagrece, portanto, está correta!

Extremamente nutritiva, de acordo com a tabela divulgada pelo departamento de agricultura dos Estados Unidos, a semente de chia apresenta esses elementos (para cada porção de 25 gramas):


Calorias 122kcal
Carboidratos 10,53g
Proteínas 14,4g
Gorduras 7,69g
Gorduras saturadas 0,833g
Gorduras monoinsaturadas 0,577g
Gorduras poli-insaturadas 5,917g
Fibras 8,6g
Cálcio 158mg
Fósforo 215mg
Magnésio 84mg
Potássio 112mg
Ferro 1,93mg
Zinco 1,15mg
Vitamina A 14UI
Vitamina B1 (Tiamina) 0,155mg
Vitamina B2 (Riboflavina) 0,043mg
Vitamina B3 (Niacina) 2,208mg

 

Ainda é possível encontrar uma boa quantidade de ômega 3, o qual é responsável pela saúde do sistema nervoso central, pelo sistema cardiovascular e, de quebra, é um forte aliado na perda de peso. O ômega 3 também é conhecido pelos seus efeitos anticelulite.

A concentração de cálcio na semente de chia é cinco vezes maior da encontrada no leite de vaca.

As sementes de chia são antioxidantes devido à presença de kaempferol, um flavonoide. Sendo assim, elas combatem os radicais livres e retarda o envelhecimento.

Os carboidratos encontrados nas sementes de chia são considerados de baixo índice glicêmico, sendo importantes para a manutenção da fome. As sementes são, também, fonte riquíssima de proteínas compostas por aminoácidos essenciais, ou seja, aminoácidos que não são produzidos naturalmente pelo organismo.

A quantidade de fibras, entretanto, é que é a característica mais apelativa no consumo das sementes de chia. As fibras promovem uma maior sensação de saciedade e melhoram a absorção dos nutrientes pelo intestino delgado. Auxilia, também, na formação do bolo fecal e, por isso, tem ação desintoxicante.

O consumo das sementes de chia pode prevenir o diabetes do tipo 2: o gel de fibras em que as sementes se transformam depois de consumidas fazem com que, durante a digestão, a glicose que foi metabolizada dos alimentos seja liberada lentamente. Com isso, a insulina também é liberada de forma lenta, evitando picos hiperglicêmicos.

As sementes de chia também regulam e reduzem os níveis de colesterol ruim, ajuda na formação óssea, aumenta a imunidade do organismo e controla a pressão sanguínea.

Com todas essas características, sem dúvida alguma, podemos afirmar que a chia emagrece e deve fazer parte de uma alimentação adequada e balanceada.

Contra indicações do consumo das sementes de chia

Chia emagrece

Já foi concluído que a chia emagrece, porém, apesar de ser um alimento natural e, na teoria, não haver qualquer tipo de contra indicação no seu consumo, ela ainda é um alimento que tem um valor calórico alto e, por isso, o consumo moderado é indicado.

Se consumida com exagero, pode prejudicar a dieta e acabar levando ao indesejado ganho de peso.

Como utilizar as sementes de chia

Alimento versátil, ela pode ser usada como desejar. Crua, ela pode ser espalhada sobre frutas, iogurtes, cremes, mingaus, sopas, saladas, shakes, etc.

Como óleo, pode ser usada para temperar saladas. Evite expor o óleo em temperaturas muito altas, pois estas destroem as propriedades nutritivas da chia.

Uma a duas colheres de sopa diárias é o suficiente para o consumo.

Fica a dica: caso esteja precisando emagrecer rápido, saiba que o óleo de cártamo emagrece também. Leia o artigo para ficar por dentro do assunto e se beneficiar ainda mais desses produtos naturais de emagrecer.

Considerações finais

A chia certamente entra na categoria dos super alimentos, porém, é preciso consumi-la com moderação para que ela não prejudique sua reeducação alimentar.

A chia emagrece e nutre o organismo de uma maneira muito eficaz. Esse alimento que tem duas vezes mais potássio que uma banana, três vezes mais ferro que o espinafre, oito vezes mais ômega 3 que o salmão e que absorve doze vezes seu próprio peso de água não pode ficar fora de sua dieta.





Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (6 votes, average: 4,17 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *