Proteína da Carne

Conheça os benefícios da proteína da carne e para quem esse tipo de proteína foi fabricado especialmente

Os suplementos esportivos passaram a ocupar lugar de destaque na área da nutrição esportiva, na busca pelo aumento de massa muscular e definição muscular. Diante da exigência dos consumidores em relação aos suplementos, hoje temos uma grande variedade dos mesmos, na qual destacam-se os suplementos à base de proteínas, e um desses é a proteína da carne.

Diante deste contexto, os suplementos à base de proteínas da carne que vem ganhando a atenção dos adeptos da musculação, passando a ser um item indispensável na dieta, uma vez que, se trata de uma das fontes mais ricas em proteína e aminoácidos.

A proteína da carne possui aminoácidos essenciais para a obtenção de massa muscular. Entretanto, essa substância quando consumida na sua forma in natura, por meio da ingestão da própria carne vermelha, apresenta grandes quantidades de gordura saturada e colesterol, e portanto, o que pela lógica aconteceria, seria uma perda de massa muscular e ganho de gordura.

Com isso, as indústrias de suplementos, seguindo o ritmo do consumo e buscando inovar para satisfazer os consumidores, desenvolveram fórmulas de proteínas da carne, as quais são livres de gorduras, colesterol, carboidratos e lactose. Hoje em dia, existem vários suplementos à base de proteína de carne.

Como consumir a proteína da carne?

proteina da carne

O consumo da proteína da carne ajudará a aumentar massa muscular e a alcançar o tão desejado corpo, mas o que vai definir qual é o tipo de suplemento ideal para cada pessoa é o objetivo que a pessoa almeja atingir, a fase de treino em que se encontra, e o tipo de alimentação que está sendo adotada, para que, desta forma, seja definido o suplemento a ser consumido, a quantidade e em que momento.

Normalmente, a recomendação para a ingestão diária de proteínas é cerca de 0,8g por kg de peso. Porém, esse valor pode variar dependendo de diversos fatores, não podendo ser ultrapassada a dose de 25g de proteína por produto.

A ingestão de suplementos de proteínas com valores superiores ao necessário pode causar uma sobrecarga renal e hepática, e o indivíduo pode engordar, uma vez que, o excesso de proteínas se transforma em gordura e é armazenado no tecido adiposo.

Daí a importância de que o uso de qualquer suplemento à base de proteínas deve ser indicado por um profissional habilitado, pois seu uso inadequado pode acarretar riscos à saúde.

Benefícios da Proteína da Carne

Foram desenvolvidas fórmulas de proteína da carne bastante interessantes no mercado, sendo possível você ingerir os nove aminoácidos essenciais para o nosso organismo sem os males que os acompanham, ou seja, as gorduras e o colesterol. Além disso, essa proteína é excelente para pessoas intolerantes à lactose, que não pode usar outros suplementos, como o Whey Protein.

A proteína da carne é também enriquecida com vitaminas e minerais, aumentando, assim, sua qualidade nutricional, o que auxilia no bom funcionamento do organismo e na disponibilidade de energia. A creatina presente no suplemento à base de proteína da carne, facilita a produção de energia, a recuperação e o desenvolvimento muscular, além disso, essa dose de creatina é suficiente para quem se encontra na fase de manutenção com creatina.

Em alguns dos suplementos de proteínas de carne a concentração de proteínas chega próximo aos 95%. Essa proteína acaba sendo digerida do estômago, o que não causa uma sensação de inchaço, que por vezes, pode ocorrer com a ingestão de outros suplementos a base de proteínas como é o caso da proteína do leite.

Outro aspecto positivo com relação a proteína da carne, segundo um estudo publicado no Journal of Nutrition, é que se mantidas as condições nutricionais ideais, o valor biológico da proteína da carne consegue ser igual ao da proteína proveniente do ovo.

São esses motivos que fazem com que a proteína da carne seja uma das melhores opções para o aumento de massa muscular.  No Entanto, a ingestão de qualquer que seja a proteína, não provocará efeitos imediatos no organismo. É preciso pelo menos um mês para poder avaliar a ação dessa proteína no organismo.









Gostou desse artigo? Dê seu voto!

(3 votos, média: 4,00 de 5)

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente!
Loading...